Eleições 2020: TSE, Facebook e WhatsApp disponibilizam cartilhas educativas para candidatos e partidos políticos

0

Com o objetivo de combater a desinformação durante as Eleições 2020, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Facebook Brasil e o WhatsApp Inc. disponibilizam cartilhas com informações sobre como candidatos e partidos políticos podem utilizar as ferramentas digitais durante o pleito.

O material explica formas seguras de uso e regras das plataformas, além de trazer aspectos práticos sobre contencioso eleitoral digital nas redes sociais Facebook e Instagram e no aplicativo de mensagens privadas WhatsApp. Também orienta sobre a otimização de recursos digitais das plataformas online, que vão auxiliar na divulgação sobre as campanhas eleitorais.

Além das cartilhas de abordagem para a segurança digital e aspectos práticos de contencioso eleitoral, as empresas disponibilizam outras três publicações: Apresentação sobre anúncios relacionados à política ou Eleições no BrasilGuia do candidato – Eleições 2020 e Criação e gestão de conteúdo. Nesses documentos, os interessados poderão obter auxílio para o trabalho nas plataformas com dados específicos sobre formatos de postagem, políticas de privacidade e utilização das ferramentas, entre outras.

A parceria com Facebook Brasil e WhatsApp Inc. faz parte de uma série de medidas tomadas pelo TSE para reduzir a desinformação e incentivar a circulação de informações oficiais sobre o processo eleitoral.

Acesse as publicações:

Apresentação sobre anúncios relacionados à política ou eleições no Brasil
Central do candidato – Eleições 2020 (para Facebook)
Criação e gestão de conteúdo
Guia do candidato – Eleições 2020
WhatsApp e Eleições 2020

Interação com eleitores

A parceria com o Facebook para as Eleições 2020 também vai oferecer outros canais interativos para os eleitores brasileiros. Será disponibilizado, na rede social, a ferramenta “Megafone”. Por meio dela, os usuários do Facebook no Brasil irão visualizar no topo de seus feeds, nos dias anteriores à eleição, mensagens acerca da organização do pleito e das medidas de segurança sanitária no dia da votação diante da pandemia da Covid-19.

WhatsApp Inc.

O acordo de cooperação com o WhatsApp Inc. apresenta uma medida inédita para uma parceria com tribunal eleitoral ou órgão responsável pelas eleições no mundo: a criação de um chatbot no aplicativo de mensagens para ajudar na circulação de dados oficiais do TSE sobre o processo eleitoral e a votação.

A intenção do chatbot é auxiliar a comunicação direta com os eleitores. Basta adicionar o número +55 61 9637-1078 na lista de contatos ou acessar o serviço por meio do link wa.me/556196371078 para iniciar uma conversa com o canal interativo, que disponibiliza as principais informações das eleições.

O WhatsApp permitirá que o TSE envie mensagens sobre cuidados sanitários e para rebater informações falsas durante a campanha para eleitores que se cadastrarem em todas as ferramentas do Tribunal.

Também foi desenvolvido um canal de comunicação específico com o TSE para denunciar contas suspeitas de realizar disparos em massa (clique aqui para ver o formulário), o que não é permitido nos Termos de Serviço do aplicativo nem pela legislação eleitoral.

Recebidas as denúncias, o WhatsApp conduzirá uma apuração interna para verificar se as contas indicadas violaram as políticas do aplicativo e, se for o caso, bani-las. O canal será desativado em 19 de dezembro, com o fim do processo eleitoral deste ano.

Fonte: TSE.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui