Governo aumenta em 10% a verba para equipes de saúde bucal

0
No Dia Mundial do Sorriso, a Oral-B e o programa Dentista do Bem realizam a terceira edição da maior triagem odontológica do mundo, atendendo jovens na quadra da Unidos de Vila Isabel (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Depois de oito anos sem atualização nos valores, o Ministério da Educação ampliou em 10% a verba destinada às equipes de Saúde Bucal da rede pública. A mudança foi definida  na Portaria nº 2.305, publicada na última segunda-feira (31/08). De acordo com o texto, o acréscimo vale para as Equipes de Saúde Bucal (ESB) modalidades 1 e 2, que atuam no SUS na promoção, proteção e recuperação da saúde bucal.

Equipes da “modalidade 1” são aquelas formadas por duas pessoas: um cirurgião-dentista e um outro profissional, que pode ser auxiliar em saúde bucal ou técnico em saúde bucal. O valor para o custeio das atividades desse tipo de equipe passou de R$ 2.230 para R$ 2.453 – aumento de R$ 223. Já as equipes da “modalidade 2” são aquelas que são formadas por três pessoas: um cirurgião-dentista e tanto um auxiliar em saúde bucal como um técnico em saúde bucal. Nesse caso, o custeio passou de R$ 2.980 para R$ 3.278 – aumento de R$ 298.

De acordo com o governo, as mudanças devem ter um impacto de R$ 88 milhões por ano e tem como objetivo fortalecer ações desenvolvidas pelas equipes de saúde bucal integradas às equipes de Saúde da Família e de Atenção Primária.

Fonte: Brasil 61

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui