A Operação Carnaval deste ano, que começou nas primeiras horas desta sexta-feira (21), fiscalizará 66 mil quilômetros de rodovias federais em todo o país. Segundo a Policia Rodoviária Federal (PRF), a fiscalização vai até a meia-noite da Quarta-feira de Cinzas (26), com reforço no número de viaturas e de agentes em ação, além de equipamentos eletrônicos, para reduzir o número de acidentes de trânsito.

Nos trechos em que, estatisticamente, é maior a frequência de acidentes graves, e em que o fluxo de veículos aumenta em feriados prolongados como o carnaval, a PRF atua em esquema especial, com equipes reforçadas na fiscalização, orientação e atendimento de ocorrências.

De acordo com a Polícia Rodoviária, a garantia de uma viagem segura requer, necessariamente, o compromisso do condutor e dos passageiros dos veículos com sua própria segurança. É necessário que todos mantenham atenção durante a viagem e tenham responsabilidade com seus atos, avaliando se a conduta é segura ou se traz algum risco de envolvimento em acidente.

Dicas de viagem

998390-05022016-dsc_3020.jpg
Uma das recomendações é muita atenção na hora da ultrapassagem

A PRF tem algumas dicas que motoristas e passageiros devem seguir para uma viagem tranquila. A primeira delas é atenção redobrada durante todo o percurso, de modo que se possa perceber qualquer risco viário com antecedência. É preciso também respeitar a sinalização, obedecendo aos limites de velocidade e às condições de ultrapassagem indicados nas placas ao longo das rodovias. As plantas não foram colocadas naquele ponto da estrada sem motivo, alerta a PRF. Nos trechos em obras, o motorista deve reduzir a velocidade e obedecer a sinalização local.

O planejamento da viagem também é importante: o motorista deve se informar sobre as distâncias que vai percorrer, condições do tempo, pontos de parada, existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada. Para o motorista, é fundamental não esquecer documentação pessoal e do veículo.

Antes de pegar a estrada, a Polícia Rodoviária Federal recomenda a Revisão preventiva do veículo, cujas condições devem ser checadas mesmo para pequenas viagens. Na rodovia, deve-se circular com faróis acesos, para ver e ser visto; os pneus precisam estar calibrados e em bom estado; o motor revisado, e o óleo e o nível da água do radiador, em dia. É necessário ainda verificar a presença e estado dos equipamentos de porte obrigatório, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de para-brisa e luzes do veículo.

Além disso, o condutor deve programar pausas para descanso, com paradas a cada três horas. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da “hipnose rodoviária”, na qual os olhos se mantêm abertos, mas sem percepção da realidade à sua volta, lembra a PRF. Esse estado vem acompanhado de sonolência, perda de reflexos e de força motora.

Procurar se informar sobre as condições do tempo no dia da viagem nos lugares por onde se vai passar também é importante, assim como dormir bem antes de assumir o volante. O sono e o cansaço são grandes inimigos de uma viagem segura. A PRF lembra que o uso do cinto de segurança é obrigatório para todos os ocupantes do veículo.

 

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui