Terça, 02 de Março de 2021 19:50
31 986773569
Esportes Brasileirão Série A

Galo decepciona mais uma vez, joga mal e tropeça no Bahia em pleno Mineirão

Atlético fica só no empate com adversário que briga contra o rebaixamento, estava repleto de desfalques e não venceu os últimos quatro jogos

13/02/2021 21h27
Por: Redação
Galo decepciona de novo e fica só no empate em casa com o Bahia
Galo decepciona de novo e fica só no empate em casa com o Bahia

O filme dos últimos jogos do Atlético voltou a se repetir na noite deste sábado (13), no duelo com o Bahia no Mineirão. Mais uma vez, o Galo teve mais posse de bola que o adversário, mas sem criatividade, encontrou enormes dificuldades em furar o bloqueio defensivo rival, criou poucas chances claras de gol, viu a outra equipe ter as melhores oportunidades de balançar as redes, teve uma atuação decepcionante, saiu de campo sem a vitória e, agora, está muito perto de dar o adeus definitivo ao sonho do título do Campeonato Brasileiro.

Para piorar, neste sábado, o Galo ficou apenas no empate por 1 a 1, em casa, contra um Bahia que, além de lutar contra o rebaixamento e não ter vencido seus últimos quatro jogos (contando o desta noite), estava repleto de desfalques, com várias baixas por Covid-19, jogadores suspensos, lesionados e até com problemas particulares. No fim das contas, o time de Sampaoli ainda viu esse adversário ser melhor na sua proposta de jogo e criar as melhores chances da partida. Com bola na trave e Everson acumulando boas defesas ao longo dos 90 minutos, os nordestinos, na verdade, tiveram mais oportunidades reais de deixar o Mineirão com a vitória que o próprio Atlético.

Com o péssimo resultado, o Galo segue no terceiro lugar, agora quatro pontos atrás do líder Internacional e a três do Flamengo, segundo colocado. Ambos ainda jogam na rodada. Na tarde deste domingo (14), o Inter visita o Vasco, enquanto o Fla recebe o Corinthians. Os dois jogos serão às 16h (de Brasília). Se o Colorado vencer sua partida, os alvinegros ficam de vez de fora da luta pelo título, sem chances de levantar a taça. Já o Atlético volta a campo apenas no próximo domingo (21), às 16h (de Brasília), para enfrentar o Sport na Ilha do Retiro.

O jogo

Mais uma vez, o Galo controlou as ações com mais posse de bola. No entanto, também mais uma vez como nos últimos jogos, teve enorme dificuldade em furar o bloqueio defensivo do adversário e criar chances claras de gol. Novamente faltou criatividade. Do outro lado, também como nas últimas partidas, o Bahia, mesmo tendo menos posse, conseguiu ser mais perigoso e agredir mais o Atlético nos poucos momentos em que teve a bola nos pés. Não à toa, em dois contra-ataques pelo lado direito no início do duelo, conseguiu duas boas oportunidades de marcar, mas parou na retaguarda alvinegra, que interceptou três finalizações em sequência, e também em defesas seguras de Everson.

Aos 19 minutos, porém, o Atlético conseguiu furar a marcação nordestina com a bola área. Arana recebeu a pelota pelo lado esquerdo e descolou um cruzamento perfeito na cabeça de Sasha, que abriu o placar para o time de Sampaoli.

No entanto, o gol atleticano não mudou em nada o panorama da partida. Depois disso, o Atlético seguiu sem criatividade e conseguir chances claras, enquanto o Bahia continuou tendo as melhores oportunidades e poderia ter até empatado o jogo, mas parou em boas intervenções de Everson.

O empate que não veio no primeiro tempo, porém, chegou com apenas um minuto da etapa final, e com justiça, tendo em vista como os nordestinos eram mais perigosos e criavam as melhores chances de gol contra um Atlético, mais uma vez, decepcionante e sem conseguir criar oportunidades claras. Em contragolpe pelo lado direito de seu ataque e aproveitando a defesa do Galo mal posicionada, os visitantes empataram com Rossi, que arrancou, ganhou fácil fácil de Junior Alonso na corrida e finalizou sem chances para Everson, colocando a bola na gaveta.

Depois da igualdade, mais do mesmo, e quem ficou mais perto da vitória foi o Bahia, que poderia ter virado o jogo criando chances perigosas. Em duas delas, Everson fez boas defesas, e em outra, a finalização de Elton de fora da área parou na trave. Não fosse o goleiro atleticano e a trave, o Galo teria sido derrotado em casa por um adversário que não venceu seus últimos quatro jogos, luta contra o rebaixamento e estava com uma série de desfalques.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO 1 x 1 BAHIA

Motivo: 36ª rodada do Campeonato Brasileiro

Data: sábado, 13 de fevereiro de 2021

Horário: 19h (de Brasília)

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)

Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Daniel Paulo Ziolli (CBF-SP)

VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (CBF-RN)

Escalações:

Atlético:
Everson; Guga, Réver, Junior Alonso e Arana; Hyoran (Vargas), Jair e Nathan (Alan Franco); Savarino, Sasha e Marrony (Sávio)
Técnico: Jorge Sampaoli

Bahia:
Matheus Claus; Nino Paraíba, Ernando (Juninho), Lucas Fonseca e Matheus Bahia; Gregore, Ronaldo e Patrick de Lucca (Elton); Rossi (Luiz Felipe) (Juninho Capixaba), Rodriguinho e Gabriel Novaes (Marcelo Ryan)
Técnico: Dado Cavalcanti

Gols: Sasha (Atlético); Rossi (Bahia)

Cartões amarelos: Sávio (Atlético); Ronaldo (Bahia)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Esporte
Sobre Esporte
Tudo sobre o esporte em um só lugar!
Santa Maria de Itabira - MG
Atualizado às 19h41 - Fonte: Climatempo
23°
Poucas nuvens

Mín. 17° Máx. 31°

23° Sensação
13.1 km/h Vento
79.6% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (03/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 32°

Sol com algumas nuvens
Quinta (04/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 33°

Sol e Chuva