Domingo, 25 de Julho de 2021 19:06
31997322364
Esportes BRASILEIRÃO SÉRIE B

Cruzeiro perde para o Remo, aumenta jejum e se complica na luta contra o Z-4 da Série B

Raposa acumulou mais uma atuação muito fraca jogando no Baenão

21/07/2021 10h27
Por: Redação
Remo 1 x 0 Cruzeiro
Remo 1 x 0 Cruzeiro

O Cruzeiro aumentou de seis para sete o número de jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro Série B, com mais uma derrota. Num confronto direto na noite desta terça-feira, no estádio Baenão, em Belém do Pará, a equipe celeste foi derrotada pelo Remo por 1 a 0.

Com isso, a Raposa se complica de vez na luta contra a zona de rebaixamento. Dependendo da combinação de resultados desta rodada, o time celeste pode voltar ao Z-4, parte da tabela que havia deixado na quarta rodada.

Além do resultado pra lá de negativo, o time celeste ainda viu o volante Matheus Barbosa, que havia acabado de retornar aos gramados após tratar lesão, ser expulso na segunda etapa.

O gol - belíssimo - da equipe remista foi marcado por Victor Andrade.

1º tempo

Os primeiros minutos do jogo foram marcados por muita disputa física por parte das equipes. A partida começou bem faltosa e, assim, o duelo foi bastante parado.

Toda a falta de brilhantismo dos dois ataques no início do duelo, porém foi ocultado com o gol que abriu a partida. Após roubar a bola da defesa do Cruzeiro ainda em seu campo de ataque, o Remo trabalhou bem a bola, inverteu o jogo para a direita, de onde, aos 22 minutos, Thiago Ennes fez ótimo cruzamento e Victor Andrade, com liberdade, mandou um belo voleio no ângulo esquerdo de Fábio: 1 a 0.

O Cruzeiro não deixou de lutar para buscar o empate ainda na etapa inicial, mas encontrou diversas dificuldades para isso. A começar pelo encaixe de marcação do Remo, que manteve a concentração defensiva.

Além da atenção do adversário, mais uma vez faltou inspiração ao ataque cruzeirense para produzir jogadas capazes de furar a defesa do Remo. A Raposa terminou a primeira parte do jogo sem acertar o gol remista. Jogo muito brigado, faltoso e que permitiu ao time da casa abrir e, sem muitas dificuldades, segurar o placar. Foi este o resumos da etapa inicial.

2º tempo

Logo aos três minutos o Cruzeiro teve a chance mais clara do jogo para empatar. Bruno José deu um cruzamento rasteiro e açucarado para Rafael Sobis dentro da grande área. O camisa 10 chegou completamente desequilibrado para a finalização e perdeu a oportunidade cristalina.

Com um cruzamento aparentemente despretencioso, Rômulo acertou o travessão e produziu outra chance clara em sequência. O Remo respondeu no lance seguinte, quando Felipe Gedoz finalizou com muito perigo, rasteiro, no canto direito de Fábio.

O Remo afrouxou a marcação em relação à etapa inicial e permitiu ao Cruzeiro avançar desde a defesa para circular a bola com mais qualidade no ataque, permitindo que a Raposa criasse mais.

Aos 23 minutos, a Raposa foi consideravelmente atrapalhada na busca pelo empate. Matheus Barbosa tomou um chapéu do meia Felipe Gedoz, fez falta, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso da partida.

O Cruzeiro até que lutou pelo empate, mas o que já estava desorganizado com 11 ficou ainda mais com 10 em campo. As substituições, novamente, mais bagunçaram a equipe do que acresceram qualidade, e o time celeste conheceu mais um péssimo resultado na Série B.

Sequência

O Cruzeiro volta a campo pela Série B neste sábado (24), quando, às 16h30, visita o Vila Nova-GO, em Goiânia, pela 14ª rodada.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Santa Maria de Itabira - MG
Atualizado às 18h55 - Fonte: Climatempo
20°
Tempo aberto

Mín. 12° Máx. 27°

20° Sensação
12.3 km/h Vento
66% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (26/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 28°

Sol
Terça (27/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 29°

Sol com algumas nuvens