Quinta, 23 de Setembro de 2021 02:19
31997322364
Esportes COPA DO BRASIL

Galo vence Fluminense no Rio e abre vantagem por vaga nas semifinais da Copa do Brasil

Time alvinegro ganhou por 2 a 1, no Engenhão, e poderá empatar em BH na volta para se classificar

26/08/2021 23h59 Atualizada há 4 semanas
Por: Redação
Hulk foi decisivo mais uma vez para o Atlético na temporada ao marcar o segundo gol
Hulk foi decisivo mais uma vez para o Atlético na temporada ao marcar o segundo gol

O Atlético conquistou um bom resultado para avançar às semifinais da Copa do Brasil. Jogando no Engenhão, no Rio de Janeiro, o Galo venceu o Fluminense por 2 a 1, na noite desta quinta-feira, pelo duelo de ida das quartas de final, e abriu vantagem no confronto.

O jogo foi marcado por duas interferências do VAR. Na primeira, validou o gol de Nacho Fernández em que o zagueiro do Fluminense havia tirado depois que a bola cruzou a linha da meta carioca. Depois, o árbitro de vídeo viu uma falta de Arana em Nino dentro da área e marcou pênalti convertido por Fred. Tudo isso no primeiro tempo.

Nos acréscimos da etapa inicial, o Atlético marcou o segundo gol com Hulk. O camisa 7 tabelou com Nacho, ficou na cara do gol e finalizou na saída do goleiro.

Com o resultado, o Atlético precisa apenas do empate no duelo da volta marcado para o dia 15 de setembro, no Mineirão, para se classificar às semifinais. Já o Fluminense terá que vencer por dois gols de diferença para avançar. Triunfo carioca por um de vantagem leva a decisão para os pênaltis.

O vencedor de Atlético e Fluminense enfrentará nas semifinais o ganhador do confronto entre Fortaleza e São Paulo, que empataram a ida por 2 a 2, nessa quarta-feira (25), no Morumbi.

Agora, as equipes voltam a se concentrar no Campeonato Brasileiro. No domingo (29), às 20h30, o Atlético enfrenta o Red Bull Bragantino, no estádio Nabi Abi Chedid, pela 18ª rodada. Já o Fluminense recebe o Bahia na segunda-feira (30), às 19h, no Maracanã.

O jogo

No Galo, a única mudança em relação ao time que iniciou a partida da última segunda-feira (23) contra o próprio Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro, foi a entrada do zagueiro Igor Rabello na vaga de Nathan Silva, que não pode jogar o torneio por ter disputado a competição pelo Atlético-GO.

A equipe alvinegra começou bem a partida e quase abriu o placar logo aos sete minutos. Em contra-ataque, Zaracho acionou Hulk na intermediária de ataque, mas o camisa 7 demorou para tocar para Nacho, que estava melhor posicionado, decidiu finalizar da entrada da área e chutou para fora.

O gol do Galo saiu aos 13 minutos em interferência do VAR. Após cruzamento, Nacho bateu cruzado, desviou em Nino, que tentou cortar depois que a bola passou da linha do gol. O árbitro de vídeo foi acionado e viu que a bola ultrapassou toda a linha.

Depois de abrir o placar, o Galo caiu um pouco o ritmo. O Fluminense cresceu e quase empatou. Nino desviou de cabeça, mas Everson fez grande defesa.

Aos 37 minutos, o VAR entrou em ação novamente. Após dividida com Arana na área do Galo, Nino caiu e ficou pedindo pênalti. O árbitro de vídeo viu um chute do lateral atleticano no zagueiro do Flu e chamou Anderson Daronco, que revisou a jogada no monitor e assinalou a penalidade máxima. Fred foi para a cobrança, deslocou Everson e deixou tudo igual no Engenhão.

Mas o Atlético respondeu rapidamente e marcou o segundo nos acréscimos da etapa inicial. Em contra-ataque, Hulk tabelou com Nacho, saiu na cara do gol e finalizou na saída do goleiro.

No segundo tempo, o jogo ficou aberto. O Galo desperdiçou chances de ampliar a vantagem nos contra-ataques, enquanto o Fluminense chegou a carimbar o travessão em uma cabeçada de Fred. Mas o placar não se alterou e o Atlético saiu com a vitória sobre o Flu no Rio após seis anos – a última vez tinha sido em 2015, pelo Brasileirão.

Fluminense 1 x 2 Atlético

Fluminense: Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Egídio; André, Martinelli (Nonato) e Yago (Nenê); Lucca (Gabriel Teixeira), Luiz Henrique (Arias) e Fred (Bobadilla). Técnico: Marcão

Atlético: Everson; Guga, Igor Rabello, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan (Réver), Zaracho e Nacho Fernández (Tchê Tchê); Vargas (Keno), Savarino (Nathan) e Hulk (Sasha). Técnico: Cuca

Motivo: jogo de ida – quartas de final da Copa do Brasil

Data: 26 de agosto de 2021, quinta-feira, às 21h30

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Gols: Nacho Fernández (13’/1º), Fred (pênalti - 41’/1º), Hulk (47’/1º)

Cartão Amarelo: Fred, Lucca (Fluminense); Allan (Atlético)

Árbitro: Anderson Daronco (RS)

Auxiliares: Rafael da Silva Alves (RS) e Michael Stanislau (RS)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Santa Maria de Itabira - MG
Atualizado às 02h17 - Fonte: Climatempo
19°
Poucas nuvens

Mín. 17° Máx. 32°

19° Sensação
15.9 km/h Vento
71.1% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (24/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 34°

Sol com algumas nuvens
Sábado (25/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 34°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.