Quinta, 20 de Janeiro de 2022 05:27
(31) 9 7233-8099
Cidades CHUVAS EM MG

SANTA MARIA DE ITABIRA; Voluntários e servidores trabalham em vários pontos e a cidade permanece sem abastecimento de água

A cidade continua com problemas no abastecimento de água da Copasa.

11/01/2022 07h24 Atualizada há 1 semana
Por: Redação
SANTA MARIA DE ITABIRA; Voluntários e servidores trabalham em vários pontos e a cidade permanece sem abastecimento de água

Em decorrência das incessantes chuvas que atingem Santa Maria de Itabira, foi publicado nesta segunda-feira (11/01) o decreto 015/2022 que estabelece Situação de Emergência no município.

O nível dos rios Girau e Tanque permaneceu elevado durante todo a segunda-feira, diminuindo o volume somente no início da noite. Às 18 horas desta segunda-feira (10) a Cemig informava que a vazão da PCH Dona Rita estava em um patamar de cerca de 260 m³/s. O alto volume de água liberado em Dona Rita contribui para elevação do nível do Rio Tanque, dificultando a vazão do Rio Girau e consequentemente o seu transbordamento.

A cidade continua com problemas no abastecimento de água da Copasa. A empresa divulgou nota informando que ocorreu inundação do sistema de captação causada pela elevação do rio Tanque comprometendo o abastecimento desde domingo (09/01). De acordo com a empresa, técnicos monitoram o local para regularizar o fornecimento de água o mais rápido possível.

As chuvas constantes desde os primeiros dias do ano afetaram pontes nas comunidades do Baú, Chácara, Cordeiros, Barro Preto e Córrego da Lage e também bueiros do Paiol, Piteiras e Capados. Os acessos de veículos às comunidades de Comandante, Nascente, Paiol, Baú, Cachoeira Alta e Barro Preto para Indaiá continuam comprometidos. Os acessos às comunidades do Barro Preto e São Pedro foram liberados no domingo. 

SEM ÁGUA

Como já era de se esperar, o município de Santa Maria de Itabira (MG) está com problemas no abastecimento de água em razão das últimas chuvas que atingem o município neste início do mês de Janeiro de 2022. Se já não bastasse o sofrimento em razão dos estragos como; deslizamento de terra, estradas em péssimas condições, alagamento de imóveis entre outros problemas, Santa Maria de Itabira sofre bastante com a Falta de Água em dias chuvosos. Um problema que acontece há anos no município, muita falácia por parte de alguns politicos, inúmeras Notas de Esclarecimento da Copasa, um verdadeiro jogo de "empurra empurra", uma falácia de que "o problema não é de agora" e o problema mesmo não é resolvido de forma definitiva fazendo com que a população fique prejudicada em dias de chuva com a falta de abastecimento. 

A população de Santa Maria de Itabira precisa entender que a Água é um Direito de Todos e esse direito vem sendo violado há muitos anos especificamente em dias de chuvas no município por causa de um sistema de abastecimento ineficiente para atender a população atualmente. A falta de água além de violar um DIREITO HUMANO, viola também um DIREITO DO CONSUMIDOR que receberá a conta para pagar. Um direito que pode ser reivindicado de maneira bem simples através dos canais de atendimento do PROCON-MG (Órgão do Ministério Publico de Minas Gerais).

A água é um valiosíssimo recurso, diretamente ligado à vida. Além de fazer parte da composição de organismos e seres vivos – essencial às suas funções biológicas e bioquímicas –, tem papel múltiplo dentro do ecossistema planetário, seja como integrante da cadeia alimentar e dos processos biológicos, seja como condicionante do clima e dos diferentes habitats.

Inegavelmente, a água é imprescindível para a sobrevivência humana. Isso equivale a dizer que sem água o ser humano está fadado à morte. A água garante, portanto, o direito à vida. Ambos estão umbilicalmente ligados. A simples existência do ser humano outorga-lhe o direito à água. Nas palavras de Paulo Affonso Leme Machado, “negar água ao ser humano é negar-lhe o direito à vida: ou, em outras palavras, é condená-lo à morte”. Ainda, segundo o autor, “O direito à vida é anterior aos outros direitos. “A relação que existe entre homem e a água antecede o Direito. É elemento intrínseco à sua sobrevivência”.

Nesta segunda-feira (10/01), moradores do Bairro Vila Marília Costa, em Santa Maria de Itabira, enviara ao Plantão Santamariense, um vídeo em que mostra moradores coletando a água de chuva com balde para atender necessidades. (Veja)

Os Bairros do perímetro urbano de Santa Maria de Itabira que são abastecidos pela Copasa, estão todos afetados com a falta de água. 

"Aqui em casa não tem água pra beber e até agora não veio e nem vai vim ninguém pra nos dar água. É sempre a mesma coisa, a mesma coisa toda vez que chove" desabafa uma idosa do bairro Vila Marília. 

"Essa água de Santa Maria é um problema sério e ninguém toma atitude, é sempre a mesma falação e vira e mexe é água suja caindo na torneira ou então falta de água igual a gente tá vendo agora, ninguém nos ajuda, estamos esquecidos mesmo", desabafa um motorista do bairro Lambari. 

"Teve uma época atrás que o pessoal fez manifestação na BR e não deu em nada, agora ficam nessa falazada aí trazendo técnico pra reunião pra falar de saneamento básico e é tudo a mesma coisa, fala fala fala e continua a mesma coisa a situação da nossa água aqui de Santa Maria, daqui a pouco vai falar que é culpa da natureza, que é desastre natural, já estou indo ali no supermercado comprar água aqui pra casa", disse um morador da Vila Marília Costa. 

"Eu entendo que esse pessoal da copasa que trabalha aqui na cidade estão se esforçando para voltar com a água, mas é muito ruim ficar sem água, os banheiros aqui de casa estão fedendo porque a água da caixa acabou toda e somos 5 pessoas dentro de casa usando água", disse uma vendedora do Poço Redondo. 

"Já estou acostumada com isso sempre que chove, e para prevenir eu encho dois tambores e ás 15 garrafas pet que eu tenho para reservar a água para o consumo aqui de casa, aqui mora Eu, meu esposo e um filho que trabalha fora e vem só final de semana", disse uma aposentada do Lambari. 

O que diz a COPASA: 

A Copasa informa que o abastecimento de Santa Maria de Itabira foi interrompido no domingo (09/01), emergencialmente, em função das fortes chuvas que atingiram a região, danificando as redes de distribuição de água em travessias nas pontes do município.

Técnicos da Companhia já estão providenciando a manutenção e o abastecimento será retomado, assim que o serviço for concluído.

PINGUELA DE BAMBU IMPROVISADA

A Ponte que permite acesso a Comunidade Chácara localizada na zona rural de Santa Maria de Itabira (MG), mais uma vez foi completamente destruída após as fortes chuvas que atingem minas gerais. De acordo com informações, cerca de pouco mais de 100 moradores moram na comunidade e ficaram ilhados neste domingo (09/01). E de maneira bem improvisada, os próprios moradores fizeram uma "Pinguela de Bambu" para realizarem a travessia a pé. 

"Atravessar essa pinguela é arriscado, eu tenho medo, mas é o único jeito de atravessar agora que mais uma vez a ponte foi destruída, tem uns três meses que o pessoal da prefeitura tinham construído a ponte aqui pra nós", disse uma moradora. 

"Tomara que da próxima vez eles construam uma ponte de concreto ou de ferro, pois essas pontes de madeira que eles tem feito nas últimas vezes não tem suportado as chuvas" disse um morador da Comunidade. 

Veja Vídeo enviado por populares neste domingo (09/01). 

NÃO UTILIZEM A PONTE, diz Prefeitura sobre ponte central

Após as fortes chuvas que caem em Minas Gerais nos últimos dias, a Prefeitura Municipal de Santa Maria de Itabira, publicou na madrugada deste domingo (09/01) um alerta de perigo sobre a Ponte Central, popularmente conhecida como "Ponte do Gorino's", localizada no centro do município. No alerta a população a Prefeitura diz; "NÃO UTILIZEM A PONTE". No comunicado a prefeitura diz que há risco de queda da ponte e pede para que as pessoas não se arrisquem. 

Mais de R$ 1 Milhão na Obra da Ponte Central

A Ponte Central da cidade teve a estrutura comprometida pelas chuvas que atingiram o município neste ano. Ao todo, serão investidos R$ 1,2 milhão em recursos do Tesouro Estadual, por meio de um convênio celebrado entre o Governo de Minas e a prefeitura. Caberá ao Estado disponibilizar os recursos para a execução da obra. Já o município fará o projeto da intervenção, que está em processo de finalização e conta com apoio técnico do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-MG). 

A ponte está localizada no centro do município e é um importante acesso entre os bairros Poção e Conselho, sendo um dos principais acessos da cidade. Com o período de fortes chuvas no início de 2021, a estrutura da ponte ficou comprometida, levando à interdição em fevereiro de 2021. As chuvas foram tão intensas que a Defesa Civil Municipal, após análise de documentos, recomendou a decretação de Estado de Calamidade Pública.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sobre o município
Notícias de Santa Maria de Itabira - MG
Santa Maria de Itabira - MG
Atualizado às 05h15 - Fonte: Climatempo
22°
Poucas nuvens

Mín. 21° Máx. 33°

22° Sensação
9.7 km/h Vento
98.3% Umidade do ar
90% (20mm) Chance de chuva
Amanhã (21/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sábado (22/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.